Você já ouviu um colega se vangloriando da habilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo? Ou uma vaga de emprego que exige a capacidade de gerenciamento de vários projetos? Você mesmo já se pegou dirigindo e escrevendo no celular né? Pois é, estamos todos errados!

O principal autor do estudo, David Sanbornmatsu, declarou em seu blog Shots, da NPR: "As pessoas não realizam multitarefas porque são boas nisso. Elas o fazem porque são mais distraídas. Têm dificuldade para inibir o impulso de se dedicar a outra atividade." Resumindo as pessoas que realizam multitarefas são incapazes de se CONCENTRAR.

Eu sei, mas você vai me dizer... Como é possível se focar em uma única atividade nos tempos de hoje? Somos exigidos profissionalmente que nos engajemos em vários projetos e ainda temos que correr atrás daquela academia, ou buscar um filho no colégio, simplesmente não dá pra parar né? Mas calma! Você não precisa parar  você só precisa trabalhar com blocos de foco mentais.

Faça um teste consigo mesmo, pegue um papel e lápis e cronometre o tempo de você escrever as sequências de 1 a 10, depois de I a X e depois de A a J, agora repita o mesmo processo sendo que dessa vez você era executar um número de cada natureza. Você irá comprovar que quando você cronometra a contagem em um mesmo contexto, seu rendimento é extraordinariamente melhor. E como aplicar isso na sua vida pessoal?

Tenha blocos de tarefas para cada natureza do seu trabalho e da sua vida pessoal, bloco saúde, bloco família, bloco cliente A, bloco cliente B. Quando for executar suas tarefas diárias, se concentre em apenas um bloco execute o máximo de tarefas para aquele dia e somente quando finalizá-lo passe adiante para o próximo bloco. Dessa forma você mantém suas atividades diárias em dia e não sofre com a adaptação mental de ficar constantemente mudando de contextos, e gerando estresse mental.

Ainda não possui uma ferramenta para gerenciar sua vida pessoal e sua vida profissional? Então acesse agora o https://app.ivuup.com e comece a evoluir seu dia a dia.

Autora: Nina Schmidt